quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Confira os cristãos premiados na 58ª edição do Grammy Kirk Franklin e TobyMac foram os destaques nas categorias dedicadas à música gospel

Na noite da última segunda (15) no Staples Center, em Los Angeles, Estados Unidos, ocorreu a 58ª edição do Grammy. Esta é a maior premiação da música. São diversas categorias dedicadas à música gospel.
Alguns dos indicados não são muito conhecidos no Brasil nem tiveram seus CDs lançados por aqui. Mas os vencedores são “velhos conhecidos” para que acompanha a música gospel.
Na categoria de Melhor Performance/Canção Gospel concorriam Israel & NewBreed, Anthony Brown & Group Therapy, Kirk Franklin, Travis Greene e Brian Courtney Wilson.  O veterano Kirk venceu o prêmio com canção Wanna Be Happy?, do seu CD Losing my Religion.
“Estou muito orgulhoso de todos da minha família de música gospel hoje no Grammy! Isso celebra o que fazemos, mas nunca define quem nós somos”, comemorou ele em seu perfil no Twitter. Kirk não compareceu a entrega do prêmio.
Na categoria Melhor Álbum Música Cristã Contemporânea concorriam Jason Crabb, Lauren Daigle, Matt Maher, TobyMac e Chris Tomlin. O vencedor foi TobyMac, que estava no Staples Center e recebeu a estatueta pelo CD This is not a test, que chegou a ficar na quarta posição da parada da Billboard. TobyMac postou uma foto do prêmio em seu perfil do Instagram.
Se os primeiros prêmios ficaram com veteranos, a surpresa ficou na categoria Melhor Performance/Canção Cristã Contemporânea. A vencedora foi Francesca Battistelli, pelo single Holy Spirit, que faz parte da versão Deluxe do CD If We’re Honest.
Israel & NewBreed levou o prêmio de Melhor Álbum Gospel com o CD Covered: Alive in Asia. O álbum foi gravado ao vivo durante uma tour do cantor por Singapura, Malásia, Filipinas, Indonésia, Japão e Coréia do Sul. Eles concorriam com Karen Clark Sheard, Dorinda Clark-Cole, Tasha Cobbs e Jonathan McReynolds.
A última categoria gospel da noite é nova, foi lançada no ano passado: Melhor Álbum Gospel Tradicional [Best Roots Gospel Album], que é focada no som mais “de raiz” como sugere o nome original em inglês. Nesse gênero encaixam-se estilos bem diferentes.
Em 2016, os indicados eram o grupo Point of Grace, que concorreu com o álbum Directions Home (Songs We Love, Songs You Know); o trio Karen Peck & New River, com o disco Pray Now; e o grupo vocal The Fairfield Four. Fundado em 1921, o Fairfiel Four venceu com o álbum Still Rockin’ My Soul.Com informações Christian Post

DEIXE O SEU COMENTÁRIO TOP GOSPEL